sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Antes de ir

Quase a partir para Estarreja.
Espectáculo hoje à noite do "Clube de Comédia".
Amanhã será na Mealhada.
Vai saber bem sair de Lisboa.
Temo que a chuva me vá seguir.
Deixo-vos uma musiquinha para o fim-de-semana.
Aqui.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Marriage Ref


Jerry Seinfeld está de volta como produtor de um reality show sobre casamentos.
O objectivo é simples e tem "sumo".
Decidir pelos casais aquilo que eles sempre quiseram: um vencedor.
Não deixa de ser um reality show, mas para o senhor Seinfeld estar meitdo na ideia é porque alguma coisa boa há-de ser.
Brevemente, na NBC.
Promo, aqui.

A dormir

Dia em cheio.
Gravação de uma campanha de publicidade para a Delta onde pela primeira vez contracenei com uma cápsula de café.
Salto mortal na minha carreira meus meninos, ah pois é.
Cada vez com colegas de contracena mais talentosos.
Repetimos imensas vezes porque a cápsula se enganava constantemente no texto.
O normal.
Acordei às sete da manhã.
Não existe sentido no mundo às sete da manhã.
Se existe, ninguém me conseguiu explicar.
Milhares de pessoas a dormirem dentro do carro, de olhos abertos e a respirarem pela boca.
Palavra.
Agora vou dormir porque falar durante horas seguidas com objectos de plástico faz-nos pensar na nossa vida.
Até amanhã.
E durmam bem.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

"Clube de Comédia"

Ora aqui está o spot oficial para Lisboa e Porto:


video

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Devastador...

...o que se está a passar na Madeira.
Simplesmente devastador.
Do nada surge o caos em doses infernais, cuspindo feridos e mortos para contar.
Reforça a minha teoria ateísta.
"Deus existe e faz tudo por uma boa razão", dirão os católicos.
Não será perverso desculpar tudo com essa lógica?
Nada faz sentido.
Nada.

The Ricky Gervais Show

Já era fã dos podcasts, tenho-os todos.
Agora estou mortinho para ver os mesmos podcasts em versão animada.
Já estreou na HBO, vamos lá ver quando o podemos ver por cá.
Um excerto.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Já somos dois

Partilho deste gosto com o meu bom amigo Pedro Ribeiro.

Regresso

Já lá vai algum tempo de ausência, bem sei.
Mas as novidades urgem em aparecer.
Para já, apenas a certeza de que vem aí um projecto no qual estou bastante empenhado e que me apetece muito concretizar.
A seu tempo se saberá.
Vai também começar a tournée do "Clube de Comédia" já no próximo dia vinte e seis de Fevereiro em Estarreja e dia vinte e sete na Mealhada.
Perspectiva de leitão no bucho no fim do espectáculo.
A peça "Cidade" terminou depois de um processo de quatro meses.
Só coisas boas para sublinhar, e vontade que a experiência se volte a repetir com tantos e tão bons colegas de profissão.
Assim é tudo mais fácil.
Mas custa sempre um bom bocado rasgar o laço diário com as pessoas que conheci nestes meses e com quem "vivia".
Faz parte da profissão, mas ainda assim não há habituação possível a este tipo de coisas.
E farto do inverno.
Fartinho até aos dentes.
Já percebemos todos que chove muito bem em Portugal, que o frio é uma coisa que sim senhor, mas agora desliguem lá esta estação e despejem lá um contentor de sol.
Podem enviar em meu nome, à cobrança.
Agora?
Trabalhinho.
Sim, a esta hora.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Mar Crespo e de pequena vaga

Tubo de Ensaio sobre a crise Mário Crespo.
Aqui.

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Ando assim

Peça "A Cidade" perto do fim.
Algumas pessoas foram à espera de ver uma espécie de "Contemporâneos" em teatro.
Para essas pessoas fica a seguinte nota: Ler sempre antes ao que vão.
Aristófanes não é um autor das Produções Fictícias e Luis Miguel Cintra não é um director de uma estação de televisão.
Acho que isso já seriam pistas suficientemente esclarecedoras.
Ainda assim, salas cheias todos os dias, é das tais coisas que melhor é impossível.
Logo a seguir ao fim da peça terei novidades profissionais.
Das boas.
Para mim, pelo menos. Não tanto para quem nem sequer suporta a ideia de eu ser um ser humano.

Ando a ouvir em repeat o disco homónimo do B Fachada, que tive o prazer de conhecer num programa a que fui.
Um verdadeiro talento.
E português.
Aqui fica

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Vontade...



...de viajar.
Agora.
Daqueles excertos tirados de filme, em que o protagonista chega ao aeroporto, escolhe um destino e se entrega à sorte.
Não importava muito o destino, importava, isso sim, ir.
Fica a ideia.

P.s.- Importava um bocadinho o destino.
Era bom que a sorte me entregasse a uma praia qualquer.
E também era bom que a tal praia tivesse água morna.
Bem sei que era sorte a mais, mas é o tipo de sorte desejada.