sábado, 27 de setembro de 2008

Ja nem sei que título dar

Tenho como objectivo máximo fazer uma consistente figura de parvo em situações que pouco ou nada importam.
Esforço-me muito.
É uma meta na minha vida.
Nestes 23 segundos de vídeo acho que chego perto.
Reparem como conseguem ser profundamente deprimentes e provam como até em cima de uma mota é possível fazer figura de parvo.
Causam não só vergonha alheia como alguma expectativa de uma coisa que nunca chega a acontecer.
Esta bonita arte está, portanto, ao alcance de todos.
Mas com muita classe, claro.


video

Eu não disse?